Fale como um Golfista Profissional

Quando alguém que não está familiarizado com o golfe lê um título que diz ”Tacada certeira: britânico faz primeiro ‘hole in one’ do golfe em Olimpíadas”, como reportou a rede brasileira Globo, nos mais recentes Jogos Olímpicos, a reação será de estranheza.
Afinal, o golfe emprega uma linguagem específica a nível mundial e quem não a conhecer nunca estará integrado a cem por cento na comunidade de praticantes deste fascinante desporto.

Para suprir a lacuna, apresentamos-lhe alguns dos termos mais comuns neste desporto, acompanhados do respetivo significado:

* “Hole in one” – Começamos com o termo de que se falava no artigo referido. Fazer um “hole in one” refere-se a acertar com a bola no buraco logo à primeira tacada. São sempre tacadas excecionais, que entusiasmam até quem não segue este desporto.

Birdie* “Birdie” – Cada buraco tem um número de tacadas que, para jogadores de bom nível, deve ser observado ou batido. Fazer um “birdie” é conseguir colocar a bola no buraco com uma tacada abaixo desse número.

* Par – É este o termo que designa o número de tacadas acima referido. Existe um par para cada buraco e um para cada campo. Os melhores jogadores do mundo conseguem completar todo o campo com várias tacadas abaixo do par.

* “Tee” – É o local de onde se bate a primeira tacada de cada buraco. É também o nome dado ao pequeno suporte utilizado para a bola nessa primeira tacada.

* “Fairway” – É a parte central do campo, normalmente relvada, que está compreendida entre o “tee” e o buraco.

* “Green” – Área, normalmente de relva muito aparada, que circunda cada buraco.

* “Pin” – O nome que os conhecedores usam para o buraco.

* “Putt” – Taco utilizado para colocar a bola no “pin”, quando esta se encontra no “green”.

Com esta pequena lista, com certeza irá impressionar os seus amigos golfistas da próxima vez que se encontrarem para jogar!